Megaptera novaeangliae, Borowski, 1781

Identificação

Uma das baleias mais energéticas, pelos espectaculares saltos e batimentos caudais e peitorais. À distância, distingue-se pela barbatana caudal invulgar e de perto, pelas protuberâncias que têm na cabeça e pelas longas barbatanas peitorais. A pigmentação negra e branca na região inferior da barbatana caudal permite a distinção dos indivíduos. O corpo é grande e entroncado e a parte superior é preto ou cinzento escuro. A barbatana dorsal é baixa, atarracada, com uma bossa pronunciada na frente. As barbatanas peitorais são longas, brancas ou pretas. A cabeça é grande e relativamente arredondada. Apresentam uma saliência arredondada junto da ponta da maxila inferior que parece aumentar de tamanho com a idade. Têm 12 a 36 pregas ventrais bem separadas. Têm 270-400 barbas de cada lado. Costumam erguer a barbatana caudal com margens irregulares onduladas antes de um mergulho profundo. O sopro é muito visível e característico por ser espesso e largo em relação á altura (2,5 e 3metros).

Biologia

A cria nasce com 1-2 toneladas e 4,5m. Os adultos podem pesar entre 25 e as 30 toneladas e medir entre 11,5-15m de comprimento, e os machos são ligeiramente mais pequenos que as fêmeas (1m). As baleias de bossa alimentam-se de krill e de uma grande variedade de pequenos peixes pelágicos. Têm uma distribuição ampla, mas com mudanças sazonais distintas.  São observados no Inverno em latitudes altas, áreas de alimentação em águas frias, e o Verão em latitudes baixas, zonas de reprodução em águas quentes, migrando milhares de quilómetros. A longevidade é desconhecida, mas provavelmente cerca de 60 anos.

Comportamento

Revelam pouco receio sobre as embarcações e podem ser muito curiosos. Realizam saltos e batimentos caudais e peitorais repetidamente. Podem ficar deitadas de costas ou de lado, com uma das barbatanas peitorais erguidas. Nadam lentamente e os mergulhos duram entre 3 e 9 minutos (ás vezes até 45 minutos). Nas áreas de reprodução, os machos são bem conhecidos por emitirem longos sons e por serem agressivos entre si quando em competição por uma fêmea. Alimentam-se sozinhas ou em cooperação com outros indivíduos, nadando rapidamente em direção aos aglomerados de presas. Normalmente são avistados indivíduos solitários ou em pequenos grupos instáveis (1-3 indivíduos)

Leave a comment

selos2
selos
DolphinExplorers © 2021. Todos os direitos reservados.