Orcinus orca, Linnaeus, 1758

Identificação

É o maior membro da família dos golfinhos. As marcas distintivas pretas, brancas e cinzentas e a enorme barbatana dorsal facilitam o seu reconhecimento. Apresentam uma mancha branca atrás do olho, uma mancha lombar cinzenta, grandes barbatanas peitorais em forma de remo e um corpo robusto e pesado. Apresentam dimorfismo sexual. Os machos são mais compridos e mais volumosos do que as fêmeas. Há uma grande diferença nas barbatanas dorsais, uma vez que a barbatana dorsal dos machos é muito alta, de forma triangular e a das fêmeas é mais pequena e mais curva. 

Biologia

O período de gestação é de 15-18 meses e a cria nasce com 180 kg e 2,1-2,5 metros. Os adultos podem pesar entre 2,6 e as 9 toneladas e medir entre 5,5-9,8m de comprimento. O intervalo para procriar pode ser de cinco anos. A orca é uma predadora versátil. Alimentam-se desde lulas, peixe, aves e, ocasionalmente de tartarugas marinhas, focas e golfinhos. São observados com maior frequência em aguas frias do que nas tropicais ou subtropicais. Preferem normalmente aguas fundas, mas são encontradas com frequência em baías poucos profundas, mares interiores e estuários. A esperança média de vida desta espécie é extremamente longa, visto que os machos chegam aos 60 anos de idade e as fêmeas chegam a atingir os 90 anos.

Comportamento

É possível encontrar animais isolados, mas normalmente encontram-se em grupos familiares coesos que se mantêm ao longo da vida. São animais curiosos e aproximam-se das embarcações. Raramente “acompanham a proa” ou o “rastro do navio” mas são frequentemente observadas a dar saltos, batimentos caudais e peitorais e a “espiar” (elevam-se lentamente para fora da água até à cabeça e a maior parte das barbatanas peitorais fica acima da superfície). Os bandos cooperam com frequência durante uma caçada. Podem nadar até aos 55km/h. O sopro é baixo e denso.

Leave a comment

selos2
selos
DolphinExplorers © 2021. Todos os direitos reservados.