Golfinho Riscado

Os golfinhos riscados são relativamente pequenos e aerodinâmicos. Como o nome sugere, as características mais evidentes são as “riscas”. Uma faixa longa e escura no flanco, desce até a parte inferior do corpo. Uma segunda faixa escura visível desde o olho até à barbatana peitoral. Têm um corpo esguio, barbatana dorsal escura, bem como um bico proeminente. 

Golfinho Comum

Os golfinhos comuns são caracterizados por terem um dorso cinzento-acastanhado escuro, ventre branco e um padrão nos flancos em forma de ampulheta, em que a coloração anterior é amarelada, e a coloração é cinzento claro. A coloração da barbatana dorsal pode ser escura ou apresentar uma mancha bege. Apresentam uma linha escura da barbatana peitoral ao bico. Têm uma barbatana dorsal e bico proeminentes.

Grampo ou Golfinho de Risso

Apresentam um corpo robusto com cicatrizes extensivas, cabeça grande e arredondada, barbatana dorsal escura e proeminente e barbatanas peitorais escuras, longas e pontiagudas. O corpo tem tendência a clarear com a idade e ficar quase branco derivado das cicatrizes e arranhões. Provavelmente estas cicatrizes são causadas pelos dentes de outros golfinhos da mesma espécie, e como são únicas, permitem a identificação destes indivíduos.

Boto Comum

O boto é difícil de observar por mostrar pouco à superfície. São de tamanho pequeno e forma robusta. A coloração pode ser variável, mas normalmente é cinzento escuro no dorso, clareando até à zona ventral que é branca. Em alguns animais podem notar-se linhas escuras entre a boca e as barbatanas peitorais. A barbatana dorsal é pequena e triangular. A cabeça é pequena e arredondada.

Orca

É o maior membro da família dos golfinhos. As marcas distintivas pretas, brancas e cinzentas e a enorme barbatana dorsal facilitam o seu reconhecimento. Apresentam uma mancha branca atrás do olho, uma mancha lombar cinzenta, grandes barbatanas peitorais em forma de remo e um corpo robusto e pesado. Apresentam dimorfismo sexual. Os machos são mais compridos e mais volumosos do que as fêmeas. Há uma grande diferença nas barbatanas dorsais, uma vez que a barbatana dorsal dos machos é muito alta, de forma triangular e a das fêmeas é mais pequena e mais curva.

Baleia-Anã

A baleia-anã é o mais pequeno e o mais abundante dos rorquais. A cabeça é uma das características mais distintivas. Quando se observa a cabeça por cima, é visível a aresta única, aguçada e longitudinal, ao longo do centro e a forma global triangular. O focinho é estreito e pontiagudo. O espiráculo duplo é típico de todas as baleias com barbas. O sopro é rápido e atinge 2-3m de altura, mas raramente visível.

Baleia-Comum

A baleia-comum é o segundo maior animal da Terra (a seguir à baleia Azul). Uma característica distinta é a pigmentação assimétrica da cabeça, em que o lado direito é branco (“lábio” inferior, cavidade bucal e algumas lâminas das barbas) e o lado esquerdo é uniformemente cinzento. A barbatana dorsal é pequena e inclinada para trás. Tem uma aresta longitudinal na cabeça. Apresentam uma “insígnia” branco-acinzentada variável de cada lado da parte de trás da cabeça.

Baleia-de-Bossa

Uma das baleias mais energéticas, pelos espectaculares saltos e batimentos caudais e peitorais. À distância, distingue-se pela barbatana caudal invulgar e de perto, pelas protuberâncias que têm na cabeça e pelas longas barbatanas peitorais. A pigmentação negra e branca na região inferior da barbatana caudal permite a distinção dos indivíduos. O corpo é grande e entroncado e a parte superior é preto ou cinzento escuro. A barbatana dorsal é baixa, atarracada, com uma bossa pronunciada na frente.

Peixe Lua

Espécie inconfundível devido ao seu formato, apresentando o corpo arredondado com duas barbatanas projetando-se verticalmente em direções opostas. O peixe-lua, ou mola, desenvolve sua forma truncada porque a barbatana posterior com a qual nascem simplesmente nunca cresce. Em vez disso, enquanto cresce, cria um leme arredondado chamado clavus. Mola em latim significa “pedra de moinho” e descreve a forma circular do peixe-lua do oceano.

Tartaruga de Couro

Dermochelys coriacea, do latim, significa “Tartaruga de pele encouraçada”. A maior espécie de tartarugas tem uma carapaça negra. A carapaça não se liga ao plastrão em ângulo, mas sim numa curva suave, conferindo uma aparência semicilíndrica. Têm 7 quilhas longitudinais dorsais e 5 ventrais.

selos2
selos
DolphinExplorers © 2021. Todos os direitos reservados.